Novas soluções para caricaturas geométricas

Tradicionalmente, produzo minhas caricaturas geométricas para impressão em papel de alta gramatura com base em le plume, embora elas possam perfeitamente ser utilizadas nas mais peças peças e aplicações. Mas foi somente nos últimos meses que recebi demandas com necessidades específicas, que me levaram a fazer adaptações na criação e nas soluções de suporte.

Em geral, as figuras são representadas numa pose estática, com as pernas juntas e com os braços estendido ou com algum movimento discreto. Mas, no caso dos irmãos karatekas Martinna Rey e Emerson Rey, achei que seria interessante representar a dinâmica da arte marcial para melhor caraterizá-los, colocando-os numa postura típica do karatê. Martinna queria presentear o irmão, então, sugeri que o personagem fosse aplicado num quadro, como uma espécie de “registro fotográfico”.

Outro cliente queria presentear um amigo, que é professor, e pediu que eu representasse um quadro atrás do personagem. Daí, tive a ideia de, para dar mais profundidade à peça, imprimir o quadro em separado e posicioná-lo por trás do suporte do personagem. Um efeito sutil, mas que fez diferença na valorização da peça.

Outro caso interessante foi o de colegas que queriam presentear seu gerente com uma caricatura e eles mesmos sugeriram colocá-la numa caixa de acrílico. Assim, a produção tradicional do bonequinho se combinou uma apresentação diferenciada, potencializando o efeito da peça como elemento de decoração, além de valorizar o elo emocional de um presente personalizado.

Esta última experiência chamou minha atenção para o potencial do acrílico como suporte para as caricaturas geométricas, criando uma peça diferenciada, mais resistente e relativamente barata. Daí, tive a ideia de produzir uma espécie de “display sanduíche”, em que a arte é adesivada entre duas chapas de acrílico superpostas. E a estreia foi com uma caricatura de um folião do Afoxé Filhos de Gandhy, com um custo pouco superior ao da produção tradicional.

Se você gostou e quer a sua, é só entrar em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *